domingo, 25 de setembro de 2016

Domingo Na Usina: Biografias; Ada Maria Elflein:


 Foi uma escritora, jornalista e professora da Argentina, nascida na cidade de Buenos Aires em 22 de fevereiro de 1880. Ela se tornou uma professora  do ensino médio no Colégio Nacional de Buenos Aires que foi uma das primeiras graduadas, e ela estudou línguas. Ela fez traduções para o general Bartolomé Mitre e ela ensinou os filhos de Vicente Fidel López, com quem a sua vocação literária foi acentuada, tornando-se juntar à equipe editorial do La Prensa. Serializado no jornal de domingo que publicou há quinze anos e tradicionalistas relatos históricos, a primeira das quais apareceu em 30 de abril de 1905. 2000 publicou mais de 300 artigos e histórias da revista.

Esta escritora seguiu o caminho iniciado por Eduarda Mansilla precursora na especialidade de literatura infantil, com a publicação de "histórias" em 1880, que se deslocam a este tema literário. É pioneira na divulgação do folclore. Ele também escreveu ensaios, alguma comédia, contos e lendas argentinas; Ele queimou três livros de poesia de sua autoria. Para o seu trabalho jornalístico foi nomeada membro da Academia Nacional de Jornalismo [1]. A partir de 1913 Argentina toma viagens, excursões organizadas pela Mary O. Graham Center of the National Escola Normal No. 1 Mary O. Graham, sob a direção de Francisco P. Moreno, e em que acompanhou Sara Abraham de Balerdi, educador e escritor; e Mary A. Kenny, ambos pioneiros feministas. As experiências enriqueceu a obra de Elflein, mas sua saúde delicada sofreu com extenuante viagem e morreu em Buenos Aires em 24 de julho de 1919. Ela foi enterrada ao lado de seus pais no cemitério alemão de Buenos Aires.

Após sua morte, o María Elflein Associação Nacional Ada começou a publicação de suas obras completas foi estabelecida.
Para honrar sua memória, eles são chamados de algumas escolas, bibliotecas e ruas: Vicente Lopez, Beccar, San Carlos de Bariloche e Moron. Na cidade de Buenos Aires é a escola primária Nº 10, que também leva o nome do escritor, está localizado no bairro Velez Sarsfield e em 2012 ele cumpriu o centenário de sua criação.

(Algumas dessas notas biográficas foram retirados do Dicionário Biográfico de mulheres e escritores argentinos, 1840-1940).

Trabalhos publicados [editar]
Lenda argentina de 1906.
Passado de 1910.
Contos de Argentina, 1911. Geschichten aus Argentinien, publicadas em alemão sua língua materna.
Terra Santa de 1912.
Cordilleranos, 1917 paisagens.
A Partida de 1918.
Para histórica Campos, 1926. publicação póstuma.

Inland, 1961. publicação póstuma.

fonte de origem:

Nenhum comentário:

Postar um comentário