quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Poesia De Quinta Na Usina: Fernando Pessoa: Poema: Abat-Jour:



A lâmpada acesa
(Outrem a acendeu)
Baixa uma beleza
Sobre o chão que é meu.
No quarto deserto
Salvo o meu sonhar,
Faz no chão incerto
Um círculo a ondear.
E entre a sombra e a luz
Que oscila no chão
Meu sonho conduz
Minha inatenção.
Bem sei ... Era dia
E longe de aqui...
Quanto me sorria
O que nunca vi!
E no quarto silente
Com a luz a ondear
Deixei vagamente

Até de sonhar...
Canc

Canioneiro:
Fonte: http://www.cfh.ufsc.br/~magno/cancioneiro.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário