quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Poesia De Quinta Na Usina: William Shakespeare: Soneto 23:


 Como no palco o ator que é imperfeito...
Não, Tempo, não zombarás de minhas mudanças!
As pirâmides que novamente construíste
Não me parecem novas, nem estranhas;
Apenas as mesmas com novas vestimentas.


William Shakespeare

Nenhum comentário:

Postar um comentário