quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Poesia de Quinta na Usina:Mulher às vezes...



Toda mulher além de sua beleza e alma bela, sempre
traz nela um provocador valor agregado.
O olhar.
A boca.
O cabelo.
O cheiro.
O sabor.
A fala.
O caminhar.
O fervor que do seu corpo exala.
O simples fato de ser ou estar.
E o mais perverso para os pobres homens, é quando tudo
isso está no mesmo ser, nos tornando reféns do eterno
desejo insano.

Do ter, possuir e poder agregar a tudo isso o seu próprio ser.

Conteúdo do livro "Desejos Impróprios"
Para ler ressumo ou adquirir a obra clique no link abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário