quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: Rosa Maria Santos:NO TEU LUAR:



Lua eternamente apaixonante
Entras pela noite dentro rompante
Trazes lindos desejos de loucura
Perdidos na noite escura 


Mas com o teu luar traiçoeiro 

E por vezes tão matreiro 

Levas ao engano na ternura 

Que por vezes se transforma em amargura



Numa noite linda de luar

Ouvi a tua voz, olhei, e vi o teu olhar

Os teus olhos eram cor da paixão

Entreguei a minha alma e o meu coração



Alguém a mim se declarou

Ao seu amor me entreguei

O meu coração se apaixonou

E vê só o que ganhei 



Era tudo uma ilusão

Foste a minha perdição

Quando te desligaste de mim

Deixaste-me de rastos sim



Entreguei-me ao teu amor 

Era uma deliciosa sensação

Esse amor se transformou em dor

Quando partiste o meu coração



Alguém se declarou a mim

Eu julguei que era amor sim

Nunca mais vou acreditar

O meu coração, ninguém mais o vai ocupar



Teu luar, ó lua é repleto de sentimentos

A cada instante, no teu luar alguém se está a declarar

A declaração pode ser linda, romântico e verdadeira

Mas muitas vezes acabamos por sofrer uma vida inteira



No teu luar, altivo, cativante, não és capaz

De evitar esse mal essa dor, para ti tanto faz

Ficas a observar o que se passa à tua volta no universo

Ao longo dos tempos, o teu fascínio tornou-se perverso



Era uma vez uma linda história de amor

Que nasceu no meu coração numa noite de luar

Quando o teu luar a terra vem visitar fico a pensar

Triste e saudosista observo-te com um sorriso a sonhar



Sines, 26 de Novembro de 2013

Autoria de: Rosa Maria Santos























Link para Download do Manual Prático de Bioga;

Nenhum comentário:

Postar um comentário