quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: Sofia Sousa: "Sem eira nem beira"



sem eira nem beira
Não sou poeta
O que me vai na
alma
Apenas digo

a minha maneira
posso?

Sem eira e nem
beira!

Nenhum comentário:

Postar um comentário