quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Quarta Na usina: Poetisas Da rede:Marilene Azevedo:


Desconhecido
Que vejo
Num doce lampejo
Preciso saber!

É um mundo
Tão novo
Perguntas 
Me faço
Não sei 
O que dizer!

Quero conhecer
Tenho mundos
Diversos
Estão nos meus
Versos!
São bons!
Outros maus!

Tem alegria
Fantasia
Tristeza..Nostalgia!
É só procurar!

Mas esse de agora!
É um mundo ai fora
Em contraste com o meu
Esta a desafiar!

É um mundo tão belo
Que forma um elo
De doces encantos
Se esconde entre prantos
Se furta da vida
Só ouço gemidos
De um mundo sofrido
Que grita ! Ajude!
Irá sucumbir!


Marilene Azevedo

Nenhum comentário:

Postar um comentário