quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Quarta Na Usina: Poetisa Da Rede: Sil Cari : ESPÉRAME ESTA NOCHE:


Espérame esta noche 
mi amor


allí llegaré 

envuelta en satenes negros



volando 
entre nubes de algodón

para que tú me ames 
como jamás lo has hecho.

Espérame, la noche 
nos quedará corta

nos amaremos 
hasta perder los sentidos

te prometo toda mi lujuria 
y cubrirte del éxtasis 
de nuestro voraz desenfreno

solos los dos 
hasta el amanecer.

Autora: Sil Cari
Derechos reservados
Argentina
Espere por mim esta noite que eu esta noite meu amor lá vou ser envolto em preto cetim voando entre as nuvens de algodão, assim você me ama, como você nunca fez isso.



Espere por mim, a noite que nós ser curto amaremos a perder os sentidos todos prometo que minha luxúria e capa do êxtase de nosso voraz rampage em paz os dois até o amanhecer.



Autor: Cari Sil direitos reservados Argentina (Traduzido por Bing)

Nenhum comentário:

Postar um comentário