quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Poesia De Quinta Na Usina: Fernando Pessoa: 124:


"A ânsia de compreender, que para tantas almas nobres substitui a de agir, pertence à esfera
da sensibilidade. Substitui a Inteligência à energia, quebrar o elo entre a vontade e a emoção,
despindo de interesse todos os gestos da vida material, eis o que, conseguido, vale mais que a
vida, tão difícil de possuir completa, e tão triste de possuir parcial.
Diziam os argonautas que navegar é preciso, mas que viver não é preciso. Argonautas, nós, da

sensibilidade doentia, digamos que sentir é preciso, mas que não é preciso viver."





Do Livro do Desassossego - Bernardo Soares
Bernardo Soares (heterônimo de Fernando Pessoa)
Fonte: http://www.cfh.ufsc.br/~magno/

Nenhum comentário:

Postar um comentário