quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Poesia De Quinta Na Usina: D'Araújo:ELA:


ELA
Antonio d´Araujo Silva

Um nome poético e sereno,
Em uma pequena face de princesa,
Tudo em ti é beleza.

Sorriso sincero,
Olhar marcante, e um corpo insinuante.
E muito distante do meu mal pensar.

Altura ideal, andar sem igual.
Uma boca que exala uma leve fala,
Que é quase um murmurar

Cabelos rebeldes que às vezes me pede
O toque ideal. Com aquele incomparável
cheiro de puro desejo.
Ai que vejo que tudo é normal.

Nome, face, sorriso, olhar, altura, boca,
Fala cabelo e cheiro, tudo do mesmo corpo,
que só insulta meus impiedosos sentimentos de desejo...

Antonio de Araujo Silva
São Bernardo do Campo - Brasil

Poema que faz parte da coletânea da Fênix Logos 8 Maio 2014: Uma primorosa obra de Arte literária: Meus sinceros agradecimentos a está fantástica autora e divulgadora da literatura mundial; Carmo Vasconcelos: Pela oportunidade de fazer parte deste lindo projeto:

Acesse o link e confira todos os autores que fazem parte da obra:



Nenhum comentário:

Postar um comentário