quinta-feira, 2 de março de 2017

Poesia De Quinta Na Usina: D'Araujo: Ser só:


Curando a solidão do amar eterno,
neste inferno dos meus pensamento não lúcidos,
entre o absurdo e a gloria do ser só.

Nenhum comentário:

Postar um comentário