quinta-feira, 16 de março de 2017

Poesia De quinta Na usina: D'Araujo: Simples assim:


A vida é simples assim,
Viver e amar, amar e viver,
Viver e amar, até a existência se esvair
em um desejo eterno de poder,
ficar e continuar, há viver, e amar,
amar e viver....

Um comentário:

  1. Como é bom ler algo assim, palavras de sabedoria e realidade existenciais na vida presente e pra posteridade. Parabéns poeta querido um abraço com minha admiração sempre.

    ResponderExcluir