quarta-feira, 1 de março de 2017

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: Rosely Andreassa:PASSADO:



Guardei você no livro da memória,
a nossa história adormeceu no
passado como páginas amareladas
intactas!

A sua face perdeu a nitidez, seus 

olhos apagados, nos seus passos 

não me acho.

Seu vulto apenas neblinas levadas 
pelo vento como um triste lamento...

Outrora queria gritar para o mundo,
agora tudo absurdo!
Nas esquinas da vida as ilusões são
permitidas, mas são frágeis e se
desfazem...
O amor é uma troca entre as almas,
a ausência tormentas que calam a
rasão.
E a paixão se esvai com a solidão!
Rosely Andreassa 17/03/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário