sexta-feira, 31 de março de 2017

sexta Na Usina: Poetas Da Rede:João Marcos Mouzartt Francisco:


O lado escuro da alma
O lado escuro da poesia 

A nostalgia de um amor perdido 

Um falido coração


O que já não pode ser visto 
O que é mal quisto pelos olhos 
Espólios de uma colisão

Não se trata de amar ainda 
Mas da vinda precoce e certeira 
De uma derradeira imolação

É bem verdade que é passado 
Mas mesmo em estado intangível 
Se torna sensível na imaginação

Do futuro outrora perdido 
Que por ser pedido permanente 
Vem a mente, à exaustão

E com carinho ainda se trata 
Pois não se mata sentimento bonito 
Mesmo que maldito e sem consolação

No lado escuro da alma 
A calma que não pode ser vista 
Lembranças à vista, de uma antiga paixão

J. M. M. F.

4 comentários:

  1. Parabéns, perfeitas colocações que demonstram um verdadeiro domínio dos seus sentimentos, continue assim, você vai longe.

    ResponderExcluir
  2. Sábias palavras. Parabéns pela exposição da obra literária. Muito bom autor.

    ResponderExcluir
  3. Sábias palavras. Parabéns pela exposição da obra literária. Muito bom autor.

    ResponderExcluir
  4. Excelente! Me lembra Cruz e Souza... profundo e verdadeiro, parabéns!!!

    ResponderExcluir