sexta-feira, 17 de março de 2017

Sexta Na Usina: Poetas Na Rede: Elder Prior:O MOINHO QUE MÓI CAVALEIROS:




Bebo do teu mais belo cacho escondido,
Uva iluminada pelos raios do Sol difundido,
Cavalgando em busca do Graal encantado,
Procurando em seu mundo, amor belo e sagrado.

Receba em suas mãos aquilo que lhe é de direito,
Sinta em sua vida aquilo que está dentro do peito,
Abra-se para o que vem lá do futuro,
Acenda a luz dentro do quarto triste e escuro.

No âmago da minha riqueza,
Encontrei somente a beleza,
Uma moeda guardada em meu silêncio monástico,
Duas faces do mundo, o irreal e o fantástico.

Sente-se em sua resposta confortável,
Aceite sua comodidade aceitável,
Enquanto o furacão está lá fora,
Mostrando a riqueza indo embora.

Que a paz procure meu peito,
E as águas da taça escorram ao meu leito,
No infinito buscarei a verdade,
Que ficou guardada em algum lugar da serenidade.


Elder Prior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário