sexta-feira, 31 de março de 2017

Sexta Na Usina: Reinaldo Jose Cassiano:


Senhorita, senhorita.
Menina mulher. Faceira e guerreira
Quem entre os mortais não há quer.
As fantasias que tive, e as tenho.
No teu corpo vou realizar.
Beijar tua boca, teus cabelos pentear.
Ouço a musica.
Quem vai dizer que paixão não e loucura.
Tem de ver, meu devaneio.
Tem que caminhar junto ao meu passeio.
Onde horas fico a enamorar.
Menina mulher.
Senhorita, senhorita.
Minhas mãos querem as tuas, meus sonhos
Querem apenas serem verdades, a teu lado.
Um passado apenas a apagar. 


Texto. Senhorita.

Data. 02.12.2013

Autor. Reinaldo Jose Cassiano;











Link para adquirir o Livro: Calabouço contos e outros:
http://24.233.183.33/cont/login/Index_Piloto.jsp?ID=bv24x7br

Nenhum comentário:

Postar um comentário