sexta-feira, 21 de abril de 2017

Sexta Na Usina: Poetas Da Rede: Jonas R. Sanches:Filosoficamente Soneto:


Consumido em verso de silêncio
tão calado em sua vil contemplação
restringido as dores do coração
relendo aforismos de Confúcio.


Renascendo atroz em berço esplêndido

tão calado em sua vil observância

limitado a lentidão da ascendência

relendo anotações de um arrábido.



Relíquias austeras ou filosofais

anotações dos livros de Lamennais;

tentando Anaxágoras ou Sócrates



refazendo as juras de Hipócrates;

relembrando a sina de todos eles,

chegando a poética de Aristóteles.



Jonas R. Sanches













Link para adquirir o Livro: "Enquanto Deus Dormia."

Nenhum comentário:

Postar um comentário