domingo, 14 de maio de 2017

Domingo Na usina: Biografias:Adelaide Carraro:


Adelaide Carraro nasceu em 1936 e morreu aos 56 anos, em 1992, é considerada uma escritora que se dedicou ao erotismo.
Ela teria ficado órfã aos sete anos e foi viver em um orfanato na cidade de Vinhedo em São Paulo.
Seu primeiro texto que chegou ao conhecimento público foi a crônica Mãe, que lhe rendeu um prêmio aos treze anos de idade.
Adelaide Carraro deixou uma obra bastante extensa, com mais de quarenta livros, tendo mais de dois milhões de exemplares vendidos, entre eles O estudante, O Estudante II, O Estudante III, Meu Professor, Meu Herói e Eu e o Governador.

1965 - Falência das elites
1966 - Eu mataria o presidente
1967 - Eu e o governador
1967 - Os padres também amam
1969 - O comitê
1970 - Asco
1972 - Carniça
1972 - A mansão feita de lama
1972 - Escuridão
1973 - Submundo da Sociedade
1975 - O castrado: o homem que alugava seu corpo
1976 - A mãe solteira
1977 - Na hora do sol
1980 - A amante do deputado
1983 - Gosto de de fel
1987 - Socorro: estou morrendo de AIDS

Fonte de origem:
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário