quinta-feira, 25 de maio de 2017

Poesia De Quinta Na Usina: D'Araujo:Poema: Detalhes.




A beleza da felicidade está em poder 
observar aos pequenos detalhes do 
existir quase imperceptível.

Não existe diferença entre o ontem 
desastroso o hoje melancólico e a 
impossibilidade do amanhã se você 
não se der conta que tudo foi, é e 
será sempre o que você a vez, o faz, e o fará.

Não se dá não se empresta não se doa não se 
compra não se vende não se perde não se ganha, 

não se herda nem lhe roubam.
Mais pode ser construído a cada 
novo amanhecer.
Eu sou a felicidade.

D'Araujo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário