quarta-feira, 3 de maio de 2017

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede:Salomé Ortega:


A la fuente sonora,
le sombrea la higuera,
y el águila planea,

sobre el monte y la huerta.
en el ribazo crece la hierbabuena,
y en mi corazón la pena,
de que nada es eterno.


De mi libro "el silencio de la luz"

Do meu livro "O silêncio da luz"


A fonte sonora,
Lhe sombrea a higuera,
E a águia paira,
Sobre o monte e a huerta.
No ribazo cresce a hierbabuena,
E no meu coração a pena,
De que nada é eterno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário