quinta-feira, 29 de junho de 2017

Poesia De Quinta Na Usina:D'Araujo: Poema:Subtrair.

          
         Que nenhum outro acariciar, subtraia as marcas
das minhas caricias, quando deslizo pelo seu
corpo a sede do meu desejo.

Por entre teu belo caminhar, que me leva
aos mais belos bosques que alimenta a criação.

D'Araujo.

2 comentários: