quarta-feira, 21 de junho de 2017

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: Enilda Poesias: CONTRASTES DO AMOR:



Em meio a uma floresta,
uma dama com suas vestes em azul,
também a cor dos seus olhos e do céu.
Se encontra só e não se preocupa com o perigo.

Tem por companhia, os dias frios de outono,
onde as folhas caem, assim como as lágrimas,
guardadas na alma. Ao seu lado duas fontes,
de onde não jorra mais água, para embelezar,
essa paisagem vermelha de outono.

Mas, o que é realmente belo é a elegante mulher.
De coração aflito e ansiosa, procura nos barulhos,
que as árvores fazem. Olha para os lados,
para ver se encontra alguém. O que procura essa
essa linda mulher, que causa tamanho temor?

Claro, que seu Amor, partiu e se perdeu.
Busca o caminho de volta ou não quer regressar?
O amor, linda mulher, não se acha, se conquista.
Se o perdeste é porque nunca foi teu.

Abra novos horizontes. Busque outra direção.
Não escolha o caminho mais fácil. Talvez seu
Amor Verdadeiro, não se encontre no outono, e sim no verão,
onde os dias são quentes e não em uma floresta fria.
Seu vestido é de uma princesa, mas seu castelo não é aqui.

Poetisa Enilda Teixeira Góes____31/05/2015____22:36
Lorely

Nenhum comentário:

Postar um comentário