quarta-feira, 28 de junho de 2017

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: Fátima Pereira:TOCA-ME:



Sentes?

Minha mente é rodopio
Meu corpo fera com cio
Toca-me!
Solta o timbre adormecido em mim 
Assim, sente-me
Com tuas mãos de sul a norte
Um dedilhar ritmado e forte 
Rompe as cordas deste bandolim….


Toca
Um concerto inacabado e lento
Meu instrumento pela noite dentro
Façamos ritmo da euforia 
Tu és refrão 
Eu melodia
Compõe em mim com sofreguidão
E do meu corpo faz sinfonia.

Move-me
Quero combustão na cama
Teu pavio explodir em minha chama
Ao ritmo da música que a dois ouvimos 
Este prelúdio que em uníssono sentimos.

Percorre
Meus vales, labirintos e montes
Sacia a sede das minhas fontes 
E contigo, faz-me galgar lua e sois
Ir além dos horizontes 
Na promiscuidade de teus lençóis…

.
Pereira, Fáttima
“Poesia às Avessas”.(2014)
Obra Reg. I.G.A.C.

Nenhum comentário:

Postar um comentário