quarta-feira, 14 de junho de 2017

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: Natália Canais Nuno: Já tudo foi ontem...






há pássaros ocultos na minha solidão
enrugam meu rosto enquanto
repito palavras aprendidas,
e assim meus versos são
ilusões vividas, felicidade ou
esquecimento da realidade?
fugacidade do tempo
como o fumo duma fábula,
já tudo foi ontem.
na minha mente ensombrada
corre um fogo indolente,
donde saio pinha queimada,
tudo em vão...
e os meus versos o que são?
velhas sabedorias, onde não
se retorna, nem por piedade,
fica o vazio dos meus passos
a solidão obstinada e fria, a saudade
da prisão dos abraços d'algum dia.
assim a noite se desvia entre a sua magia
eu colho sonhos.


Natalia Nuno

Nenhum comentário:

Postar um comentário