sexta-feira, 30 de junho de 2017

Sexta Na Usina: Poetas Da Rede: Carlos Humberto Kuplich:


DUAS ALMAS e um só coração
Vidas opostas amores cegos

Ódio nos olhos sangue nas mãos 

Amargura no olhar desejos desfeitos

Amores do passado corações perdidos 

Tudo pelo amor almas gêmeas

Corações sofrendo almas partindo

Um só desejo se unir em outra vida

Amor impossível erros cometidos

Sentimento puro amor juvenil
Jurando amor eterno quebrado pelo ódio
Ódio de geração em geração
Vidas estragadas coração cruel
Olhos de sangue faísca no olhar
Amores presentes marcas na alma
Nascido pra se amarem no presente
Vivendo vidas opostas sem saber
Encontros furtivos olhares felinos
Corpos do amor prazer da carne
Pecado mortal luta pelo desejo
Corpo juvenil mulher adulta
Sabendo de tudo amor e paixão
A vida não perdoa o fraco
Mas sobrecarrega o forte
Amores aparte vidas ligadas
Corações ligados por um fio
Fio da vida ou da alma

Nenhum comentário:

Postar um comentário