sexta-feira, 16 de junho de 2017

Sexta Na Usina: Poetas Da Rede:Antonio assim d'oliveira:lugar de ser:


porque sou água corrente
flutuavas em mim
minha folha de outono. coloriste-me

o leito, agradecida. a cor era tua

e ficamos nós

porção de rio, parte de árvore

vida corrente



o sol fitou-nos

até dobrar a colina



o firmamento nasceu riacho

queriam as estrelas vogar

seriam folhas de outono


antonio assim d'oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário