sexta-feira, 23 de junho de 2017

Sexta Na Usina:Poetas Da Rede:Júlio César Benjamin: JANELAS:



Janelas não são

janelas-

são os meus olhos

escancarados

que se escorrem para o mundo

são os meus olhos

que se fecham pra não ver.



Janelas-estas minhas imensas

Janelas
são portais magníficos
que dão para os sete ventos,
para o Setestrêlo,
para as Plêiades
e para dentro de tudo o que eu sou.

As minhas janelas
consomem o Infinito
e devolvem-me toda a paz de que
preciso
flutuando em líquido e doce amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário