terça-feira, 27 de junho de 2017

Terça Na Usina: Blogs De Literatura Na Rede: O Vento e a Entropia: Olho do Furacão:



Olho do Furacão

Devo ser invisível à essa transcendência, que jamais me atinge;
Munido de fraquezas até os dentes;
Que não se pode esconder de olhos atentos, nem de olfatos sensíveis;
Fui levado por você, através de mim;
Em constante atrito com o tempo que...  definhava vagarosamente;
Sob o efeito da tua presença.
Eu, a esticar meu braço;
Tentando alcançar o que se afastava.....


O Vento e a Entropia: Olho do Furacão: Devo ser invisível à essa transcendência, que jamais me atinge; Munido de fraquezas até os dentes; Que não se pode esconder de olhos at...

Nenhum comentário:

Postar um comentário