domingo, 9 de julho de 2017

Domingo Na Usina: Biografias: Ana Miranda:




busca em sua obra reescrever a História com criatividade e linguagem elaborada, apresentando uma tendência representativa do gênero romanesco das últimas décadas. Despontou como prosadora com o sucesso editorial de seu primeiro romance, Boca do Inferno, em que recria o tempo e a vida do poeta Gregório de Matos.

Nascida em Fortaleza, no Ceará, em 1951, Ana Miranda cresceu em Brasília antes de mudar-se para o Rio de Janeiro. Antes do sucesso como escritora, foi atriz (trabalhou no filme Como Era Gostoso o Meu Francês, de Nelson Pereira dos Santos) e funcionária da Funarte. Dedicou-se no início da carreira literária à poesia, mas foi realmente a partir de sua primeira incursão na prosa que ganhou destaque. Além de sua obra de ficção, também produz ensaios e críticas literárias para periódicos.

Principais obras:
Anjos e demônios (poesia);
Celebrações do outro (poesia);
Boca do inferno (romance);
O retrato do rei (romance);
Sem pecado (romance);
Clarice Lispector (ensaios);
Desmundo (romance);

Amrik (romance).

Fonte de origem:
http://maicongoncalves.xpg.uol.com.br/literatura/anamiranda.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário