quarta-feira, 19 de julho de 2017

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede:Cláudia Santos:Asneiras:


Não sei o que acontece comigo
pois, quando te olho te vejo
e com sua ausência percebi

que se hoje fosse ontem
amanhã seria o hoje
sem você tudo fica sem sentindo
qualquer coisa que era alguma coisa
na verdade já não é coisa nenhuma.
e sem você fico sozinha...
e quando eu fico sozinha
ninguém estar comigo.
e para esquecer 
fico tentando não lembrar.
invento dormir para distrair
e tento escutar meu próprio ronco
pra ter certeza que conseguir. 
sem você arrumo coisas para brincar
e faço meu fone de ouvido se beijar
e percebo que o problema não é você
sou Eu....
Daí comecei fugir de mim
mas onde eu ia eu estava! 
Emoticon frown

comecei ter vontade de dizer te amo!
mas isso é fácil demais ...
quero dizer camarão, macarrão e caramujo...
pois eu gosto é de desafios.
quero mandar formatar minha vida
porque você só pode ser um vírus
eu queria alguém que não fosse diferente
e que logo, seria igual a mim.
queria que tivesse o mesmo carregador
e eu te trataria como minha bola de futebol
que várias vezes me joguei em frente os carros para salvar-lá.
a única diferença entre o clima e o tempo
é que o clima é aquilo que temos agora
e o tempo é que estamos perdendo. !

(asneiras) Cláudia Santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário