sexta-feira, 21 de julho de 2017

Sexta Na Usina: Poetas Da Rede: Bruno Junger Mafra:POR NADA:


escrever
um poema ...
como se fosse 
pela vida à toa
pedir perdão
a minha própria
pessoa


Vida a esmo

esse 

sou eu mesmo

caminhante

diante de indagação

de estrada



Ah , vai poeta de nada

borrar o papel

de poesia

nada de técnica

lirismo

só fel 

torcido

analogia



Minha

poesia

construída

do nada

e composta

por

idiossincrasia 



- Bruno Junger Mafra -























 Link para Download do Manual Prático de Bioga;

Nenhum comentário:

Postar um comentário