sexta-feira, 28 de julho de 2017

Sexta Na Usina: Poetas da Rede: Manuel Alejandro Siguencia ananás:¿Me Aceptas Una Rosa?:


¿Me aceptas una rosa?
¿me regalas un abrazo?
por que sediento estoy de tu amor.

Me dijo un loco que yo era el loco,
y consciente estoy de lo que él me ha dicho,
pues tu ser emana a mis sentidos,
el mas bello destellar de mi corazón.

Afrodita mas puesta como una diosa,
mujer en tu esencia junto a un pétalo del cielo,
al alma del hombre engrandeces,
y son grandes tus dotes que esclavizas al humano.

Llevo como Apolo la melodía del mediodía,
y a tu pies mil cantos a tu ser proclamo,
y una batalla en la cual intento el equilibrio humano,
y es tu sonrisa a la luz de mi vida.

Mas puesta te dejo en mil claveles,
inundo al mi ser interno de la brisa de tu alma,
y un gran hombre se despierta en mi interior,
para ser quien cuide a tu mágico poder.

Poemas Para Una Mujer
Manuel Alejandro Siguencia Piña
Me aceita uma rosa?



Me aceita uma rosa?

Me você tenha presenteado um abraço?
Por que sedento estou de seu amor.

Disse-me um louco que eu era o louco,
E consciente estou daquilo que ele me disse,
Pois seu ser emana aos meus sentidos,
O pero belo destellar do meu coração.

Afrodite pero posta como uma penetramos,
Mulher na sua essência, juntamente com uma pétala do céu,
A alma do homem engrandeces,
E são grandes seus dotes que esclavizas ao humano.

Há como apolo a melodia do meio-dia,
E ao seu pés mil vozes ao seu ser proclamo,
E uma batalha na qual tentativa o equilíbrio humano,
E é seu sorriso à luz da minha vida.

Pero posta você deixo em mil cravos,
Inundo ao meu ser interno da brisa de sua alma,
E um grande homem se desperta em meu interior,
Para ser quem cuide a sua mágico poder.

Poemas para uma mulher

Manuel Alejandro Siguencia ananás

Nenhum comentário:

Postar um comentário