quarta-feira, 29 de março de 2017

Quarta Na usina: Poetisas da rede: Rosely Andreassa: REGRESSO:


É você que há muito eu espero, para
colorir meu mundo, tingir meus olhos
de esperança...

Eu preciso de um momento no seu tempo,

para dizer-te pessoalmente, que posso

esperar-te eternamente, nossa alma não
têm idade.

Quando você chegar, tropeçarei nos seus

passos, abraçarei seus abraços, seremos

um...

Quando você chegar, com que olhos vou
te ver?
Será com olhos de estrelas, para iluminar
sua face e desvendar seu sorriso....
Ou talvez eu o veja com os olhos da alma,
permanecendo prostrada, encantada...

Certamente o verei com os olhos do coração,

causando um arrebatamento por anos de

solidão...

Quando você chegar, beijarei seus lábios, 
amarfanharei suas vestes, inflamarei sua pele.
O amanhã esta distante, se eu pudesse estar 
em dois lugares ao mesmo tempo, eu estaria
com você hoje e amanhã...
Quando você chegar, vou te amar...
Rosely Andreassa

Quarta Na Usina: Poetisas Da rede:Néia Gava: Ah, a solidão!!


Gosto de gostar do silêncio e

Da solidão que 

Invadem meus sentimentos...

Gosto de gostar da sensação 
De pensamento livre,
Livre para voar,
Para pausar e 
Para chegar
Onde bem entende
Que já é o lugar
Ou o momento
De refletir...
Gosto de gostar
Da reflexão no silêncio de minha solidão...

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede;Léia Deleon:


Estão dizendo por aí
Que hoje é dia de poesia
Asia, franquia


Porque tu sabes que és poesia

Quando em qualquer esquina mesquinha



O periquito da vizinha
Pia feito galinha

Quarta Na Usina:Poetisas Da Rede:Patricia Zago:ABSOLUTAMENTE:


Por que hoje em dia 
a gente se apaixonar é tão difícil? 



Digo...



Sabe, aquela coisa d’olhar nos olhos

e ver tudo o que sempre, 

a vida inteira,
desejávamos ver
sem precisar de nada,
absolutamente nada para explicar?

(Nada do que já está explícito n’alma...)

Ficar horas pensando, planejando
encontros absurdos,
em lugares mais absurdos ainda,
e que, na verdade, 
só existem na nossa fértil imaginação...

Perder-se neles!

Mas, ao mesmo tempo, também,
neles nos encontrar... De forma absoluta!

Sorrir, sonhar e voar...

Voar muito alto até se confundir
com os pássaros,
com a brisa macia,
com o próprio som de nossas asas 
imaginárias...

Ah, e sorrir no nosso pôr-do-sol dourado!

Então, por favor, me digam...
Por que hoje em dia 
se apaixonar é tão difícil, de repente? 
Envolver-se pra valer, sem receio,
assim, absolutamente?!

Patricia Zago  P.Z.

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: Sonia Rubim:







Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: Nazareth Leal:PRISONEIRA DO SEU AMOR.:


Quanto mais te tenho
Mais te quero dentro de mim

Gozo no teu gozo 

E te sinto gozando o amor...

Teu cheiro de cio cala minha boca...

Quando te bebo tens gosto
De intenso desejo inacabado,
Recomeço...
Eu te quero em mim 
Com esse turbilhão
De sentimentos sentidos.

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: Nathalia Leão Garcia: SER:





O exercício do ridículo nos liberta
Das certezas imutáveis
Ter medo faz parte do processo
Somos seres frágeis
Sujeitos a chuvas e trovoadas
E a lindos dias de sol e noites de luar.
Riso, gozo e alegria burlam a censura.
Sonhar e desejar tem poder de cura.
Assuma o papel de autor da própria história
Não se preocupe se a escolha é certa
Apenas caminhe para a luz.
Tenha a sombra por companheira.
O escuro apura os outros sentidos
Pular o muro e abraçar a loucura.
Atitude é preciso para cruzar a fronteira.


Nathalia Leão Garcia


Rio, 15 de junho de 2012.

Pensamento do Dia:

“É a dúvida que sempre nos arremessa no novo. Prefiro ser louco que ter a sanidade inconveniente dos infelizes.”


Esta e mais de 90 outras frases estão nesta obra:
Para baixar o livro Grátis, é só clicar no link abaixo: