quarta-feira, 24 de maio de 2017

Pensamento do Dia:

De mim só terás verdades, mesmo que elas sejam o que nos separe, e que nos faça sofrer.”


Esta e mais de 90 outras frases estão nesta obra:
Para baixar o livro Grátis, é só clicar no link abaixo:

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede:Maura Rizzi.:Procuro:


Um coração 

que seja como o meu
um amante aventureiro
destemido hospitaleiro
onde eu possa fixar
minha morada permanente
sem temor e sem pudor
só cultivando o amor
onde quer que a gente vá
vamos nos tornar ciganos
belos fortes e companheiros
viajando pelo mundo
sem pressa e sem destino
levando na mala o amor
tocando a nossa canção
em noites claras de lua
serei tua doce amante
ouvindo nos teu gemidos
o prazer vindo da tua vós
entoando o doce hino
ao dizer-me que sou só tua.


Maura Rizzi.

Quarta Na Usina: Poetisas da Rede: Sil Fontes:


Que querem que eu faça?
Que corra atrás para publicar meus poemas...
Em um país faminto?

Pois morro de fome

para continuar escrevendo-os
e enlouquecendo-os
e fazendo-os cada vez mais difíceis
de serem lidos
Porque cada vez mais sofridos, em um país que detesta
e abomina falar da dor... porque sofre muito, e está doendo
há muito tempo.

Abram covas antes de nos assassinar.
É triste morrer e ficar por aí a esmo ...

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: Enilda Teixeira Góe: Bom dia..:


Que seja de paz e harmonia.
Mas, lembre-se, não precisa gritar
a sua felicidade. Deus escuta...
Basta apenas, olhar o céu azul,

ou mesmo essa cascata,
de águas cristalinas...
Agradeça e deixe que suas lágrimas,
se misturem a essas águas,
e renovem o seu Ser.

Poetisa Enilda Teixeira Góes____19/07/2015_

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede:Denise Flor: Pensei ser eu:


.

Pensei ser meu o seu olhar

Desejando tudo que sou.
Pensei ser meu o seu abraço
Enlaçando-me com ternura,
Pensei ser meu o seu amor
Abrigando-o no meu peito, 
Pensei ser eu a eleita do seu coração!
.
Denise Flor©
T5293206

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: ANA PEREIRA: NÃO FIQUES ASSIM:


Respondo à convocatória
sem voz nem oratória.
O que é certo

é que tudo deve ser
do agrado
de quem usa o servicinho.
Não deve esquecer, contudo,
o valor acrescentado.

Estou cansada.
Sento-me no tronco viril.
Espero que tudo cresça de raiz.
Fico à sombra.
Não sei o que te fiz.

Na noite mais negra que breu
trazes o dia nas mãos
ilumina o caminho
que trilhas no corpo
que é meu.

Estende-te sobre
o espelho dos sentidos.
Torna-te límpido e leve.
Terás o orgasmo que nunca
ninguém teve.

Enrolamo-nos no reverso da alma
com a inspiração da carne,
poesia sem metáforas.
Escorem os desejos transpirados
nos lençóis
em desalinho.

Seremos uma luz molhada
que vacila
sob a rosa molhada
que tocas.

Conhecerás o prazer de voltar
a uma cama acesa
de fogo não apagado,
claro está.
Apesar do valor acrescido,
tudo é negociado.
Não fiques assim!

ANA PEREIRA
almainspiradora.blogspot.pt