segunda-feira, 17 de julho de 2017

Crônicas de Segunda Na Usina: Feto sem afeto:



Estava eu ali, tentando resistir até o momento certo para o meu existir.
Mas as coisas que ainda nem me pertencia não me davam trégua como se a minha chegada fosse uma afronta a logica.
Mesmo assim ali no conforto caloroso do útero tudo parecia seguro. Como se nada daquele estranho e perverso mundo externo, pudessem eu alcançar.
Mas o mundo lá fora estava pouco se importando com a minha imensa fragilidade.
Infelizmente eu não podia gritar expressar as minhas insatisfações, ou tão pouco pagar o alto preço exigido para a minha chegada.
Compartilhar as dores dos desenganos daquela que fazia o que estava ao seu alcance para me proteger dos descasos deste mundo.
Como posso chegar confiante, como poderei me transformar em um ser justo.
Como ser uma pessoa alegre, quando tudo que recebo é ponta pé de todos os lados.
Se a única canção de ninar nos meus primeiros dias eram o som de fuzil. E aonde foram parar as boas almas que deveriam me receber de braços abertos, e com um imenso sorriso de felicidade em sua face. E em um ato de desespero tudo que eu tenho há minha frente é o lixão.
Até quando vou conseguir evitar em da o troco, diante de tanta injustiça.
No que você acha que eu vou me transformar quando ficar adulto.
Se me negaram tudo que me era de direito, me transformando em mais um refrão de um triste bolero.
Vocês não vão me transformar em letra de Funk, ou em uma batida de protesto de um Rap.  E se preparem, pois a estatística que vou criar vocês não vão gostar. É só aguardar que eu estou chegando. Como podes esperar bondade em meu ser, se destruíram a minha alma.
Pois já cheguei a um caminho sem volta, onde o meu único acalento talvez seja a própria morte.
Então boa sorte.
Enquanto você degustava o seu delicioso caviar com um bom vinho. Eu estava torcendo para que saísse daquela sacola de lixo, algo que saciasse a aquele vazio de vários dias sem comer, claro você não tem culpa, foi deus que quis assim, assim diz o velho refrão do bom vigário ou do bom Pastor. Só não compreendo que deus é esse, mais tudo bem, o santo papa anda dando boas vindas aos pobres, e os santos pastores enviados do divino em seus sermões também idolatram as boas vindas, principalmente dos dez por cento dos ganhos do rebanho que ele jura que os salvará, e até já comprou um helicóptero de alguns milhares de dólares para levar todos de uma forma mais confortável até ao paraíso, pois vai que deus na sua humildade resolve manda-los de segunda classe até lá.
Vamos fingindo ser burros assim evitamos pensar que estão nos fazendo de otários.
Mais tudo bem, eu vou chegar de mansinho e talvez não sobre um para contar a história.
Ai quem sabe as coisas melhoram e quando lá chegarem avisem a esse seu deus, que é só o começo, e quem sabe ele façam vocês voltarem para devolver o dinheiro, ai eu estarei aqui esperando aquele que me faltou pro pão, e pode até me chamar de ladrão, e talvez vocês tenham razão.


FIM

Blog Concursos Literários: 08.08.2017 - Prêmios Literários da Fundação Biblio...



"Os únicos fantasmas que nos perseguem, são aqueles que criamos e acolhemos em uma tentativa desesperadora de preenchermos nossos próprios vazios da alma."

Blog Concursos Literários: 08.08.2017 - Prêmios Literários da Fundação Biblio...: Informações: a) Livros publicados em 1ª edição no Brasil b) Diversos gêneros Premiação: I) Prêmio em dinheiro Prazo: 08 de agosto de ...

Blog Concursos Literários: 11.08.2017 - 3º Prêmio Nacional CEPE de Literatura...



MULHER ÀS VEZESAntónio D'Araújo

Toda mulher além de sua beleza.
E alma bela, sempre traz nela.
Um valor agregado provocador.
Às vezes o olhar.
Às vezes a boca.
Às vezes o cabelo.
Às vezes o cheiro.
Às vezes o sabor.
Às vezes o fervor.
Que do seu corpo exala.
Às vezes a fala.
Às vezes o caminhar.
Às vezes o simples fato de ser ou está.
Mais o mais perverso para os pobres homens,
É quando vem tudo agregado no mesmo ser.
Isso nos torna reféns do eterno desejo insano.
De ter, possuir e poder agregar a tudo isso o seu próprio ser.

António D'Araújo

Blog Concursos Literários: 11.08.2017 - 3º Prêmio Nacional CEPE de Literatura...: Informações: a) Aberto a autores brasileiros b) Livros Inéditos: Romance, Conto, Poesia e Infantojuvenil Premiação: I) Prêmio em dinhei...

Blog Concursos Literários: 23.09.2017 - II Concurso Impalpável Poeira das Pal...


Periferia

É assim que se fala.
Aqui ninguém se cala.
Não temos medo de bala.
Mesmo que seja bala perdida ou
achada.

Essa tal de elite que só vem na TV
para nos ofender, achando que aqui só tem
lixo, e que não vamos crescer.

Pois então se prepara porque a qualquer
momento nós vamos descer, e todo mundo vai
ver, nem que seja na TV, que a periferia está
viva.

Então Brasília se cuide, porque estamos
chegando.
E não se enganem, pois vai dar muito pano.
Porque agora é real, todo mundo é igual,
mesmo sem ser carnaval.

Depois da era da net, nem precisa ser tiete.
Pode até mascar chiclete. A liberdade é total.
Agora é de igual para igual.

Ninguém vai mais fugir sem se explicar.
Tô na sua cola, e vê se não demora,

a esclarecer de quem é o poder. 

Blog Concursos Literários: 23.09.2017 - II Concurso Impalpável Poeira das Pal...: Informações: a) Aberto a todos os interessados b) Poesias c) Inscrição pela internet (conforme o regulamento) Prazo: 23 de setembro de ...

Blog Concursos Literários: 31.08.2017 - 1° Concurso de Haicai de Toledo – Ken...



Sombria

E no peito o coração pulsa,
a embalar desenganos,
a sepultar sentimentos,
a aquecer magoas.

E a sombria farsa do desejo,
lampeja um novo querer.
Mas em mim, fica a dor,

da solidão farta, e o viver sempre...

Blog Concursos Literários: 31.08.2017 - 1° Concurso de Haicai de Toledo – Ken...: Informações: a) Aberto a todos os interessados b) Haicais - Tema: água c) Inscrição pela internet (conforme o regulamento) d) Categorias...

Pensamento do Dia:

Qual seria o seu pedido derradeiro? Se não, ser feliz por inteiro.


Esta e mais de 90 outras frases estão nesta obra:
Para baixar o livro Grátis, é só clicar no link abaixo:

Crônicas de Segunda Na Usina:Alessandro Buzo: TUDO AO MESMO TEMPO AGORA....



Com diz o Mano Ril, sem foto, que é pra ler..... e comentar.
* Crônica
.
Com conteúdo e qualidade.
Por: Buzo 
***
Eu, (Alessandro Buzo), faço muita coisa ao mesmo tempo, mas nunca sem o selo de qualidade Suburbano Convicto.
Literatura, Sarau, livraria, curadorias, cinema, TV, viagens, eventos como o dia das crianças, projeto na estrada... mil fitas.
Mas nunca faço nada pela metade, nunca entro num projeto sem vestir a camisa.
É TUDO AO MESMO TEMPO AGORA..... mas nada "FAZER por FAZER"... nunca deixando a qualidade e o conteúdo de lado.
Cabe na agenda, o que não falta é disposição.
Todo dia começo a trabalhar 3, 4, 5 da manhã...... trabalho muito mais do que quando era empregado.
Tô cagando e andando (desculpa as palavras)........ pra crise.
Nunca foi fácil, nunca venho nada de mão beijada..... então foco na missão, no trabalho, na continuidade dos projetos....
Eu faço meu caminho, eu acordo Mike Tyson e durmo Freddy Krueger, todo dia. Trabalho de final de semana, feriado... dia, noite.
Agora ta de olho no carro que eu dirijo, nas pinga (e onde) eu bebo, tô nem vendo.
Onde vcs (que torcem contra) estavam na época dos trens lotados na Z/L.
Só tem SUCESSO, quem TRABALHA.
Não está fácil pra ninguém, nem pra mim..... mas....
CRISE É PROS FRACOS.
***
Alessandro Buzo, escritor
www.buzo10.blogspot.com
Twitter: @Alessandrobuzo

Crônicas De Segunda Na Usina:Doutrinadores da Desgraças:


Ao logo de alguns anos, tenho visto muitos apresentadores, cujo são grandes formuladores de opiniões.

Esbravejar contra os políticos corruptos, e os desmandos dos partidos aqui na nossa querida Pátria.
Como não sei falar sem dar nome aos bois:
O Faustão, Luciano Hulk, Carlos Massa,(Ratinho), José Datena, Gugu Liberato,Cersa Filho, entre outros.
Porque em vez de esbravejar, seus discursos inúteis, cada um de vocês não abre um canal de acesso nos seus programas ou sites para recolher assinaturas para um projeto de ação popular que tem prioridade na Câmara;
Para reduzir o número de deputados para pelo menos cinco, e dois senadores por estado, e acabar com com a reeleição tanto no executivo como no legislativo, e por fim nas gordas verbas de gabinete, os cargos comissionados, todas as ajudas de custos, plano privado de assistência médica, passagens aéreas.Etc, etc...
Claro que vocês nunca vão fazer isso, pois estariam fazendo lobe contra suas emissoras.
e todos nós sabemos que elas Gastão fortunas, com doações e lobistas em Brasilia.
Enquanto isto só nos resta desligar a TV. e torcer para mais um insatisfeito resolva escancarar as comportas da corrupção.
E vamos seguindo em frente a cada eleição feito idiotas mudando de políticos e de partidos, sem termos a coragem de mudarmos a forma de fazer política.
Lembre-se assim como começa falta água para todos.
Um dia vai faltar comprador pros produtos que patrocinam vocês.
ai quem sabe vocês descubram que foi a hipocrisia alardeada pala sua palavras que levou a nossa Pátria ao holocausto Social.


D'Araújo.

Crônicas De Segunda Na Usina:O Brasil continua na Era dos Abutres e do kuduro:




Em uma jamais imaginada e completa alienação, todos nós assistimos ao logo dos anos, aos nobres abutres do congresso nacional, a se digladiarem pelas belas porções da carniça dos recursos públicos.
Enquanto as legendas majoritárias com seu apetite voraz subdividem entre se as fatias, mas nobres, as de tamanhos médios se engalfinham entre eles para ver quem vai ficar com a parte maior da carcaça. Já as legendas nanicas de baixo clero, usadas como massa de manobra la no fosso junto com os  que trabalha e constrói esta bela nação.
Ficam na esperança que sobre algumas migalhas que lhe sacie a sua fome.
Assim vamos tocando a nossas vidas, assistindo a tudo isso com nossas belas bundas gordas e inertes no conforto do sofá da nossa sala de estar, de frente pra TV de “led” de 50 polegadas, comprada em 24 vezes sem juros.
Como se existisse o a prazo sem juros, independente destas questões paralelas, mesmo assim, vamos todos nos deliciando com a avenida chamada Brasil as nove pontualmente nos saudando com a sua doce melodia do kuduro.
Até quando todos nós vamos continuar com esta demência, em acreditar que algum nobre presidente que venha a nos salva destes incansáveis abutres do congresso que são os quais verdadeiramente governam este país a preço de ouro por cada voto de apoio.
              Quanto mais escândalos terão de assistir de braços cruzados sem nenhuma reação, diante dos DEMOS...  Da vida, e todos os outros na mesma balada, deslizando com os recursos públicos de cachoeira a baixo.
Quando é que nós cidadãos Brasileiros que construímos esta grande pátria, a custa de muito sangue, suor e lagrimas vamos reagir.
Será que algum dia todos nós vai acordar desta demência política de hipocrisia, e passamos a construir com nossas próprias mãos o futuro que queremos para os nossos filhos netos e de todas as outras gerações que viram.
Ou acordamos urgente e agimos ou seremos tragados pelo imenso bom senso dos hipócritas.

"Vivemos em uma república de alienados, e infelizmente todo politico tem a face exata da nação que ele representa."

D'Araujo.