quarta-feira, 19 de julho de 2017

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: Regiana Amorim: Poema: Esperança


Um Véu Branco,
Meio transparente,
de Esperança
Feito de Sonho de Criança,
Tomou-me de súbito n'uma Manhã
Cheia de Estrelas.
O sol ficou Maior,
Mais rosado,
de cor de Sorriso
desabrochado.
Esperança insistente,
Que Agarra,
e Que Amarra
o Coração da Gente
num fio de alegria
nenhuma Dia Do final,
Fazendo-me Acreditar
that when o dia raiar,
e eu Acordar ...
Tudo melhorar IRA.








Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede:Andreia Martins:



Mesmo que o medo costure os meus olhos

Não posso deixar de ver e sentir
A lâmina da verdade e do amor que me atinge
Como um processo cirúrgico 
Curando tudo 
Retirando o que no interior de um ser humano não faz bem ter
Para o bem do próximo
E principalmente para mim.
E essa decisão é a quero levar para sempre comigo.
Escolher sorrir sempre!
Escolher o brilho! 
Escolher brilhar!
Escolher ser feliz!
Escolher olhar para o que só me faz bem!
(Andreia Martins)

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede:Cláudia Santos:Asneiras:


Não sei o que acontece comigo
pois, quando te olho te vejo
e com sua ausência percebi

que se hoje fosse ontem
amanhã seria o hoje
sem você tudo fica sem sentindo
qualquer coisa que era alguma coisa
na verdade já não é coisa nenhuma.
e sem você fico sozinha...
e quando eu fico sozinha
ninguém estar comigo.
e para esquecer 
fico tentando não lembrar.
invento dormir para distrair
e tento escutar meu próprio ronco
pra ter certeza que conseguir. 
sem você arrumo coisas para brincar
e faço meu fone de ouvido se beijar
e percebo que o problema não é você
sou Eu....
Daí comecei fugir de mim
mas onde eu ia eu estava! 
Emoticon frown

comecei ter vontade de dizer te amo!
mas isso é fácil demais ...
quero dizer camarão, macarrão e caramujo...
pois eu gosto é de desafios.
quero mandar formatar minha vida
porque você só pode ser um vírus
eu queria alguém que não fosse diferente
e que logo, seria igual a mim.
queria que tivesse o mesmo carregador
e eu te trataria como minha bola de futebol
que várias vezes me joguei em frente os carros para salvar-lá.
a única diferença entre o clima e o tempo
é que o clima é aquilo que temos agora
e o tempo é que estamos perdendo. !

(asneiras) Cláudia Santos.

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: Elaine Coletti:



Hoje acordei com a sensação que o tempo não passou

que eu estava em um salão dançando com você

Hoje eu acordei com o sabor do seu beijo molhado

e nos seus braços eu me entregava as delicias do seu calor

Hoje acordei sabendo que esse tempo não vivi

pois sou de um tempo mais recente

mas a minha alma é viajante, vai e vem em eras

que não saboreei, mas que sinto, que vivo em sonhos

Essa minha alma que me faz uma menina de décadas antigas
que me faz mulher em décadas recentes
que vai ate você te beija como presente
te sente como nunca tivesse passado
Vai viaja minha alma, continue a me trazer
tempos que não vivi, mas que sinto
me faça suave como uma pluma
voando no espaço de um tempo cansado...
Elaine Coletti.















Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: Magna Faria:Sou:



sou daquele tipo que vc pensa
la vem, ninguem aguenta
olho por cima, brinco de alquimia
faço e desfaço
quero um trago
espero a hora certa
de ter o que aperta
aperta com gosto,
não me oponho
faço desdita
faço fita
te olho de lado
quero um afago
me sinto bandida
machuco a ferida
faço vista grossa
mas me segura
esta é a aposta
vem quente
to fervendo
cheia de más intenções
que se tornam boas emoções
vem cantando, que faço trovas
vem molhando que aqueço o coração
vem safado, ufa, n respndo por mim
me faço menina,
viro santinha, o que você quer
diga simplesmente
pois sou sua mulher.....




















Link para adquirir o Livro:
"O Grito da Alma" poesias e pensamentos
http://24.233.183.33/cont/login/Index_Piloto.jsp?ID=bv24x7br

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: Marilene Azevedo:


Do velho trapo de alma Resolvi lhe revestir Dei-lhe cores. 
Dei sorrisos Dei-lhe vida Transbordei toda de amor 
Limpei todas cicatrizes Misturei-lhe os matizes 
A alma resplandeceu Aquilo que era frio Agora se 
aqueceu Alma senhora bonita Que com seu trapo de 
vida Conseguiu modificar A alma ontem esquecida 
Hoje tão bela vestida Amor..Sonhos..Dançar Marilene Azevedo















Pensamento do Dia:

"As dores só são suficientemente grandes, perversas e insuportáveis quando são as nossas."


Para ler ou baixar o livro clique no link: