segunda-feira, 8 de maio de 2017

Crônicas De segunda Na Usina:A Revolução em nossas mãos:

Vamos acabar com esta farra com o nosso dinheiro.

1- Redução do número de representantes no Senado na câmera legislativas federal, estaduais e municipais.
2- Cinco deputados federais por estado, mais o distrito federal, totalizando 135 deputados federais.
3- A criação da proporcionalidade na ocupação das cadeiras legislativas federais, A legenda que obtiver a maioria dos votos ficaria com, 70 vagas, 40 para a 2ª legenda, 25 vagas para 3ª legenda.
4- Dois senadores por estado mais o distrito federal, totalizando 54 senadores.
5- Distribuídos: 30 cadeiras para a 1ª legenda, 16 cadeiras para a 2ª legenda, 8 cadeiras para a 3ª legenda.
6- Quarenta representantes no legislativo estadual.
Distribuídos nas seguintes formas: 25 cadeiras para a 1ª legenda, 10 cadeiras para a 2ª legenda, 5 cadeiras para a 3ª legenda.
7- Vinte representantes nos legislativo municipais, nos municípios com mais de 500 mil habitantes.
8- Distribuídos nas seguintes proporções, 10 cadeiras para a 1ª legenda, 7 cadeiras para a 2ª legenda, 3 cadeiras para a 3ª legenda.
Dez representantes nos legislativos municipais para os demais municípios.
Distribuídos nas seguintes proporções, 5 cadeiras para a 1ª legenda, 3 cadeiras para a 2ª legenda, 2 cadeiras para a 3ª legenda.
9- Mandatos únicos de seis anos sem direito a reeleição.
10- Mandatos únicos de seis anos sem direito a reeleição, também para presidente.
11- Extinção do segundo turno nas eleições.
12- Unificação da data das eleições proporcionais, Municipais estaduais, e federais.
13- Financiamento publica de campanha.
14- Instituição do voto de legenda. (com eleições diretas internas em cada legenda para formular os quadros dos seus representantes.)
15- Redução para três legendas partidárias.
16- Fim do foro privilegiado, (e a instituição de agravantes para o crime cometido durante o mandato parlamentar com o aumento de trinta por cento nas penas.)
17- Extinção dos cargos comissionados. (cada legenda teria Três funcionários por gabinete (que não poderia ter nem um grau de parentesco com nenhum representante do partido ou de outra legenda.)
18- Extinção das verbas de gabinetes, assim como todos e quaisquer que seja os benefícios, cota de combustível carro oficial, auxílio moradia, plano privado de saúde, passagens aéreas, cursos de formação, etc.
19- Não seriam permitidas coligações para o pleito eleitoral.
20- Das remunerações:
21- Presidente da Republica vencimentos máximos 30 salários mínimos.
22- Senadores vencimentos máximos 28 salários mínimos.
23- Extinção do cartão corporativos em todas as esferas de governos e instituições publicas.
Deputados federais vencimentos máximos 25 salários mínimos.
24- Governadores vencimentos máximos 21 salários mínimos.
25- Deputados estaduais vencimentos máximos 18 salários mínimos.
26- Prefeitos vencimentos máximos 14 salários mínimos.

27- Vereadores vencimentos máximos 12 salários mínimos, para municípios com mais de 500 mil habitantes.
28- Vereadores vencimentos máximos 06 salários mínimos, para os demais municípios.
29- Das aposentadorias: Para todos os cidadãos eleitos através de voto tanto âmbito municipal, estadual ou federal, só terá direito a aposentadoria, aqueles que tiverem cumprido três mandatos. E sem efeito acumulativo, para aqueles que já recebam alguma aposentadoria do poder publico terá que optar só por uma delas.
30- Declaração publica de bens e renda. Assim como fim do sigilo bancário e telefônico para tods aqueles que acate denuncias de crime cometido no exercício do poder.

Crônicas De Segunda Na Usina: D'Araujo:Eu também quero.



A imoralidade política no nosso país finalmente chegou ao extremo, rasgaram todas as formas de ideologias possíveis. Hoje já não se sabe que tipo de compromisso eles tem com uma identidade política, não se consegue mais se distinguir, direita esquerda, centro ou mesmo, o radicalismo oportunista.
Hoje o que demanda a ideologia, é saber quantos cargos a sua legenda vai ocupar e qual o percentual que poderão surrupiar dos cofres públicos, para inflar os saldos bancários de suas legendas e seus respectivos caciques.
Pois a massa que os acompanha já está acostumada a se contentar com as migalhas que respigam dos afortunados.
Até quando vamos todos fechar os olhos e tampar os ouvidos da santa hipocrisia, esperando quem sabe, que também chegue a nossa vez.
Estamos todos alimentando a um estopim que certamente um dia vai explodir.
Infelizmente não restou se quer uma só instituição publica, que não corrompa ou não esteja corrompida, assim como as grandes instituições privadas, que galopam na direção dos seus interesses, como corruptores ativos e constantes.
A esquerda para alimentar o seu sonho de poder, se juntou aos porcos achando que não seria respigado pela podridão que dela exalou, 
E hoje os que se apresentam como solução sempre comerão no mesmo coxo.
O povo Brasileiro aprendem de uma vez, que cada um de nós somos os responsáveis pelos desmando deste devasto poder, ou esta pátria vai naufragar, mesmo antes de pegar seu verdadeiro romo do progresso, quando é que vamos ter coragem de levantar nossos gordos rabos do conforto do sofá da sala, e mostrar para este bando de hipócritas que somos cidadãos  e queremos ser tratados como o mesmo.
Até quando vamos deixar essas organizações criminosas que se denominam partidos; levar os sonhos de nossos filhos pelo ralo da corrupção, será que não resta nem mesmo um só que entenda que ou determinamos o que queremos e exigimos que seja feito, ou isso nuca vai mudar.
Porque tanta preguiça de cuidar do que é nosso, e deixamos tudo nas mãos dos outros, até quando?
Não se muda uma pátria no dia da eleição, pois é isso que esses formuladores de opinião, um bando de almas compradas querem que você acredite ,pois isso tem feito eles permanecerem intocáveis, apenas revesando no poder, porque muda a legenda e rombo nos cofres públicos só aumenta.
Quando que vamos ter opinião própria, quando é que vamos fazer o que é necessário, até quando vamos continuar fingindo sermos todos burros, para não termos que tomarmos uma atitude.

E infelizmente hoje os que têm autoridade para condenar são os mais condenáveis.

Crônicas De segunda Na usina:D'Araújo: Sonhos baratos.


       Em um mundo cada vez mais frenético onde passamos há consumir o tempo sem se dar conta da sua exata importância, sempre acabamos todos enfileirados na mesma burrice.
De vez em quando, eu, cidadão de poucas pretensões consumista, me vejo contaminado pelo impulso do consumo. Então me pego a observar as pessoas que transitam em plena 25 de Março, o mais autentico paraíso dos insatisfeitos. Como um rebanho fora de controle, alucinados pelos holofotes do baixo prazer. Todos vão se abalroando naquela calçada que com o tempo se tornaram estreitas diante o desejo incomum de todos, em muitas vezes a calçada se torna insuficiente então muitos passam a disputar espaço com os automóveis que ali trafegam com os seus motoristas sob a mesma luz do desejo.
Todos absolutamente encantados com as belas vitrines que acalentam seu ego vazio e obscuro.
Vão aos poucos abarrotando as suas sacolas de insatisfações nas imensas prateleiras das lojas de inutilidades domesticas, onde quase tudo que se compra, jamais vão utilizá-las. Em uma interminável lista de bibelôs para enfeitar os seus mais íntimos e obscuros desejos de felicidade.
         Assim vamos ofuscando nossos fracassos com os sonhos baratos de consumir a si mesmo antes que o tempo os consuma. Sempre cegos pela interminável necessidade do ter, e ser pelo poder, violentamos os mais nobres valores em nossos delírios instantâneos sobre o efeito desta febre de insanidade temporária diante uma imensa babel de loucos. E ao longo do tempo nos tornamos repulsivos aos que nos desafiam com a sua indiferença ao nosso nobre propósito de futilidades inúteis.
Entrincheiramos os sonhos nas nossas fortalezas de hipocrisia afastando qualquer possibilidade de convívio harmonioso com o semelhante que não compactue dos mesmos desejos insolentes.

Pensamento do Dia:



“Vamos devorando o mundo no café da manhã, antes que ele nos jante para comemorar.”


Esta e mais de 90 outras frases estão nesta edição comemorativa.
Para fazer o download grátis do livro basta clicar no link a baixo: