quarta-feira, 5 de julho de 2017

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede:Ira Rodrigues: Assim vou levando:



Na poesia eu me busco
Nas frases me identifico

É lá que você me conhece

Ou quem sabe desconhece...



Quando escrevo procuro as palavras

Indago as letras
Busco o encaixe perfeito
Consolo às frases que chega ao fim
É na poesia que busco o aconchego...

Nos meus versos me encanto
Embriago-me de prazer
Escrevo solidão
Descreve o amor vivo a paixão...

Crio poemas feitos de luz
Brinco com frases vindas do vento
Pesco palavras soltas no mar
Declamo em versos o meu jeito de amar...

Acham-me sonhadora
Uma boba perdida no tempo
Mas enquanto existir sonhos
Seguirei sonhando
Em busca de novo tempo...

Quem nunca leu um poema
E logo pensou:
Nossa! Foi feito pra mim
Nele descreve meu medo
Minhas fantasias e realidade
Em versos tua traição
Ou mesmo aquela louca paixão....

Irá Rodrigues-10/03/2014

irapoesias@gmail.com

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: Cesire Alegria:'' MI REGALO ''



No preciso decir que es mi regalo

recibe-lo en tu día en esta jovial 

primavera de tu joven vida 

donde llena de ilusión ...
Ver mais
"Meu presente" não precisas de dizer que é meu presente de receber - e no seu dia nesta primavera alegre da tua jovem vida onde cheio de lojas de ilusão, seus sonhos e jovialmente mostrar à mente vida-sorrindo pedido uma flor e sua voz cristalina disseram "Eu preciso uma flor" hoje neste seu dia este presente eu não dá exato "Mañanitas" ou dizer "menina bonita" deixou para você neste dia todo o meu amor "dia feliz" minha menina "Cesire Alegria...2990 (Traduzido por Bing)

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: Soledad Ferreira Gaete:Ansias de ti:


Ansias tengo de robarte un beso.
Sublimes impulsos de fundirme en tu piel.
Codicio mezclar el sudor de nuestros cuerpos.

rosar con mis labios el dulzor de tu sexo 

¡ hasta estremecerte de placer ! .



Palpar una y otra vez tus caricias prohibidas , terminar anclada en el vaivén de tus caderas.


Sentir la necesidad de llenar el nido vacío 
de amores y sueños sólo contigo .
Gozar de tu río cálido que emana del éxtasis de tu descenso 
/verso que imagino cabalgando majestuoso por todo mi universo. 

autor : sole .
Desejo para você.



Desejos de tem roubar un beso.

Sublimes impulsos que derretem em sua pele.

Ganância para misturar o suor dos nossos corpos.

Rosar meus lábios com a doçura do seu sexo, a emoção de prazer!.

Sentir novamente seu toque proibido, fim ancorou o balanço dos quadris.

Sentir a necessidade de encher o ninho vazio de amor e sonhos só com você.
Aproveite seu rio quente emana o êxtase de sua descida /verso que imagino equitação majestosa todo meu universo. 

Autor: único. (Traduzido por Bing)

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede: Janaina Cruz:



Inepto isolamento
Entre grandes montanhas intactas

Um dia cego e deserdado...

Há voz de trovões ao longe

Ao longe...
Onde não posso alcançar.
Hei de livrar-me dessas raízes inarticuladas.
Os jacintos advinham-me repousados
A sombra de minha velha alma
Transpondo-me perfumes azuis imponderáveis...
Detenho insetos, faço-os abdicar de seus zum zum zuns...
Em meus recônditos nus, (in) saciáveis,
Insanos, muito mais do que os mapas que tenho
Desenhados nas palmas das mãos...
Procissão de nuvens, profusão de luzes,
Errônea aquiescência dominical.

Janaina Cruz

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede:Alejandra Alcala Glez:

· 


Podría quedarme aquí tumbada recordando cada detalle tuyo, cada milímetro recorrido y cada beso sin contar.......Pero bueno, seria perderme un momento nuevo a tu lado, lleno de cada sorpresa de ese ser maravilloso que eres......
Eu poderia ficar aqui mentindo para recordando cada detalhe, cada milímetro de viagens e cada beijo sem...Mas seria bom, perder um momento volta ao seu lado, cheio de cada surpresa que o ser maravilhoso que você é...

Quarta Na Usina: Poetisas Da Rede:Simone Medeiros:PERCEPÇÃO:



Um pensamento me visita

Rouba-me o sossego, percebo

Que nele você está, na mente
Faço as honras, saudações

Convido-o para ficar, 
Coração fica contente por sentir

Da tristeza à alegria
Deu-se o salto do futuro, eu juro:

Se depender de mim, e eu quero
Meu cantinho será teu ninho

Uma regra de conduta, é de praxe,
Se queres mesmo aqui ficar

Deve-se seguir à risca direitinho
Como adubo pra flor gerar a flor

O bom do amor deve você regar
Tanto a flor como a tua amada

Precisa dele com esmero e rigor
Regando doses diárias do teu amor

Aqui agora lhe faço uma promessa:
O amor a nós não irá faltar

Se a boa conduta você tiver
No meu coração seja a ação

Da pequenina à enorme
Da simplicidade dos sentimentos,

Seja você a todos os momentos,
O homem bom, fiel e carinhoso,

Sendo esta, a tua maior qualidade,
A honestidade, pois cansado de sofrer

Meu coração, pobrezinho, ele está.
Ele aposta todas as fichas

Neste grande amor que de ti, veio a flecha
Tal como cupido do amor, conquistando-me

Pouco a pouco, trouxe a mim, felicidade,
O maior sentimento que vela a amizade

O respeito, o carinho nas formas singelas
Das tuas palavras, sem adornos pueris,

Do jeito que eu sempre quis
Fez de você, amor,

O bem maior do bem me quer 
Do bom do amor, escolhi você.

Por: Simone Medeiros
Caldas Novas, 07 Mar. 2015