domingo, 12 de fevereiro de 2017

Domingo Na Usina: Biografias: Alan Isler:



(12 setembro de 1934 - 29 de março de 2010) foi um escritor e um professor norte-americano. Ele deixou sua nativa Inglaterra para os Estados Unidos aos 18 anos, serviu no Exército dos EUA 1954-1956, recebeu um doutorado em Inglês e Literatura da Universidade de Columbia e ensinou Renaissance Literature no Queens College, Universidade da Cidade de Nova Iorque 1967-1995. Em 1994 ele ganhou o National Jewish Book Award eo Prêmio Wingate JQ para seu primeiro romance "The Prince of West End Avenue", que também foi finalista para o National Book Critics Circle Award. Ele posteriormente publicou outros quatro trabalhos: "Kraven Imagens" (1996); "O Fancier bacon", também conhecida como, (1999) "Op.Non.Cit."; "Erros administrativos" (2002); e "The Living Proof" (2005).

Sua escrita é densa, mas cômico, referencial e intelectual na tradição de Nabokov, e muitas vezes preocupados com a condição agridoce do judeu solitário em um mundo gentio.

Alan Isler morreu após uma longa doença, em 29 de março de 2010. [1]

Obras
O Prince Of West End Avenue 1994, uma comédia ambientada em uma Nova York judeus idosos 'casa, e centrado sobre os aposentados' preparativos para sua próxima produção de Hamlet.
Kraven Imagens de 1996, em parte, uma sixties-estilo definido sexo brincadeira hilariante em uma faculdade Bronx, e em parte uma tentativa de louco, mas triste para resolver o passado em Londres e Yorkshire.
O Bacon Fancier, também publicado como Op. Não. Cit. 1999, quatro contos satíricos forjado a partir dos espetáculos de literatura.
Erros de escrita 2002, nos quais as peregrinações de um padre católico judaica dão origem a uma sátira feroz tenro do catolicismo.
O Living Proof 2005, um pintor famoso e anti-semita contrata um biógrafo judaica.
Referências [editar]
Jump up ^ NYTimes 31 de março de 2010
Além disso leitura [editar]
Uwe Meyer: "'Minha libido [...] sempre foi bastante normal': o amor ea sexualidade entre os idosos nas obras de Alan Isler". In: Jansohn, Christa (Hg.): Velhice e Envelhecimento na britânico e Cultura Americana e Literatura. Münster 2004, pp. 197-211 (= Studien zur englischen Literatur, hg. V. Dieter Mehl, 16 Bd.).


Uwe Meyer: "'[T] o rot em terreno inóspito': O mundo da academia nos trabalhos de Alan Isler". In: Fielitz, Sonja / Meyer, Uwe (eds.): Shakespeare. Sátira. Academia. Ensaios em honra de Wolfgang Weiss. Heidelberg 2012, pp. 143-165 (= Anglistische Forschungen, hg. V. Rüdiger Ahrens, Heinz Antor, Klaus Stierstorfer, Bd. 424).

fonte de origem:

Domingo Na Usina: Biografias: Alan Dean Foster:



 (nascido em 18 novembro de 1946) é um escritor americano de fantasia e ficção científica, um criador prolífico de e contribuinte para reservar série, bem como o autor de mais de 20 romances autônomos. Ele é especialmente prolífico em seus novelizations de roteiros de cinema.

Ele ganhou um grau de bacharel em ciência política e um MFA da Universidade da Califórnia, Los Angeles e atualmente reside em Prescott, Arizona, com sua esposa.

Escritos
Ele é mais conhecido por seus romances de ficção científica definidas no Humanx Commonwealth, uma união / ético interestelar política de espécies, incluindo a humanidade eo insectoid Thranx. Muitos desses romances apresentam Philip Lynx ("Flinx"), um jovem empática que encontrou-se envolvido em algo que ameaça a sobrevivência da Galáxia. Companheiro constante de Flinx desde a infância é um minidrag chamado Pip, um vôo, cobra empática capaz de cuspir um altamente corrosivo e violentamente neurotóxico veneno.

Um dos mais conhecidos fantasia de Foster trabalha é o Spellsinger série, em que um jovem músico é convocado para um mundo habitado por criaturas que falam onde sua música lhe permite fazer mágica real cujos efeitos depende das letras das canções populares que ele canta (embora com um tanto imprevisíveis resultados).

Muitas das obras de Foster tem uma forte ecológico elemento a eles, muitas vezes com um ambiente torção. Muitas vezes, os vilões em suas histórias experimentar sua queda por causa de uma falta de respeito por outras espécies exóticas ou pedaços aparentemente inócuas de seus arredores. Isto pode ser visto em obras como MidWorld, cerca de um semi-senciente planeta que é essencialmente uma grande floresta tropical, e Cachalot, definida em um mundo povoado por oceano sencientes cetáceos. Foster geralmente dedica uma grande parte de seus romances com as descrições dos ambientes estranhos mundos alienígenas e da coexistência de seus flora e fauna. Talvez o exemplo mais extremo disso é Condenado à Prism, em que o protagonista se encontra preso em um mundo onde a vida é baseada em silício em vez de carbono, como na Terra.

Star Wars [editar]
Foster foi o ghostwriter da novelização original de Star Wars que tinha sido creditada exclusivamente a George Lucas. Depois de dois outros escritores tinham declinado a oferta de uma taxa fixa de US $ 5.000 para o trabalho, Lucas trouxe para Promover o roteiro original, após o que Foster concretizou a história de fundo de tempo, lugar, planetas, raças, história e tecnologia em tal detalhe que tornou-se canônica para todos os romances de Star Wars subseqüentes. No entanto, quando perguntado se era difícil para ele ver Lucas obter todo o crédito por Star Wars, Foster disse: "Nem um pouco. Foi idéia de George história. Eu estava apenas expandindo-o. Não tendo o meu nome na didn tampa 't me incomoda um pouco. Seria semelhante a um empreiteiro exigindo para ter seu nome em um Frank Lloyd Wright casa ".

Foster escreveu o romance Splinter de olho da mente, uma sequela de Star Wars publicado em 1978, dois anos antes do lançamento de O Império Contra-Ataca. A história de Foster se baseou fortemente em conceitos abandonadas que apareceram no início dos tratamentos de Lucas para o primeiro filme. Foster estava atordoado quando Return of the Jedi revelou os personagens de Luke e Leia como irmão e irmã; em Splinter, os personagens apresentam um pouco de energia romântica e sexual. Embora Splinter foi contrariada por entradas mais tarde no filme Star Wars canon, foi o primeiro "Star Wars universo se expandiu entrada" escrito (embora não seja a primeira a publicada Marvel Comics história sustenta que honra).

Foster foi mais tarde anunciado como o autor da novelização de Star Wars Episódio VII. [2]

Star Trek [editar]
Foster tem o crédito da história de Star Trek: The Motion Picture. Ele também escreveu 10 livros baseados em episódios da animação Star Trek, os primeiros seis livros cada uma composta de três ligações adaptações episódio novela de comprimento, e os quatro últimos sendo expandida adaptações de episódios individuais que segued em história original. Em meados dos anos setenta, ele escreveu histórias originais de Star Trek para os registros da história de áudio Peter Pan-label de Star Trek. Mais tarde, ele escreveu a novelização do 2009 filme Star Trek, o seu primeiro romance Star Trek em mais de 30 anos. [3] Mais tarde, ele escreveu a novelização para sequela de Star Trek 's, Star Trek Into Darkness. [4]

Prêmios [editar]
Foster venceu o Grande Prêmio Master 2008 da Associação Internacional de Mídia tie-in Escritores. [5]

Bibliografia [editar]
Humanx Commonwealth Universo [editar]
Pip e Flinx [editar]
Em ordem cronológica. Note-se que Foster diz no Bloodhype recentemente republicado que é o 11º da série, e deve cair entre Correndo de a Divindade e ímã problema. (Prefácio Bloodhype, Del Rey, de março de 2002).

For Love of Mother-Not (1983) ISBN 0-345-30511-6
O Tar-Aiym Krang (1972) ISBN 0-345-29232-4
Orphan Estrela (1977) ISBN 0-345-25507-0
The End of the Matter (1977) ISBN 0-345-25861-4
Flinx em Flux (1988) ISBN 0-345-34363-8
Mid-Flinx (1995) ISBN 0-345-38374-5
Reunion (2001) ISBN 0-345-41867-0
Folly de Flinx (2003) ISBN 0-345-45038-8
Escalas de correr (2004) ISBN 0-345-46156-8
Fugindo da Divindade (2005) ISBN 0-345-46159-2
Bloodhype (1973) ISBN 0-345-25845-2
Ímã problemas (2006) ISBN 0-345-48504-1
Patrimônio (2007) ISBN 978-0-345-48507-6
Flinx Transcendente (2009) ISBN 978-0-345-49607-2
Fundação da Commonwealth [editar]
Filogénese (1999) ISBN 0-345-41862-X
Dirge (2000) ISBN 0-345-41864-6
Dawn Diuturnity (2002) ISBN 0-345-41865-4
Icerigger Trilogy [editar]
Icerigger (1974) ISBN 0-345-23836-2
Missão para Moulokin (1979) ISBN 0-345-27676-0
Os Drivers Dilúvio (1987) ISBN 0-345-33330-6
Romances Standalone Commonwealth [editar]
Em ordem cronológica:

Nem Lágrimas de cristal (1982) ISBN 0-345-29141-7
Voyage to the City of the Dead (1984) ISBN 0-345-31215-5
MidWorld (1975) ISBN 0-345-35011-1
"O Emoman" (1972) história curta
"Excesso" (1982) história curta
Afogamento Mundo (2003) ISBN 0-345-45035-3
Quofum (2008) ISBN 978-0-345-49605-8
"Mid-Death" (2006) história curta
Os Howling Pedras (1997) ISBN 0-345-38375-3
Condenado a Prism (1985) ISBN 0-345-31980-X
Cachalot (1980) ISBN 0-345-28066-0
The Damned Trilogy [editar]
A Call to Arms (1991) ISBN 0-345-35855-4
The Mirror Falso (1992) ISBN 0-345-35856-2
Os despojos de guerra (1993) ISBN 0-345-35857-0
Dinotopia Universo [editar]
Dinotopia Lost (1996) ISBN 1-57036-279-3
A mão de Dinotopia (1997) ISBN 1-57036-396-X
Jornadas do Catequista [editar]
Carnívoros de Luz e Escuridão (1998) ISBN 0-446-52132-9
Nos reinos de reflexão (1999) ISBN 0-446-52136-1
A Triumph of Souls (2000) ISBN 0-446-52218-X
Marexx [editar]
Maude (não publicado)
Série Spellsinger [editar]
Spellsinger (1983) ISBN 0-446-97352-1
A Hora da Porta (1984) ISBN 0-446-90354-X
O Dia do Dissonance (1984) ISBN 0-446-32133-8
A Moment of the Magician (1984) ISBN 0-446-32326-8
Os Caminhos da Perambulator (1985) ISBN 0-446-32679-8
A Hora do Transference (1986) ISBN 0-932096-43-3
Filho de Spellsinger (1993) ISBN 0-446-36257-3
Chorus Skating (1994) ISBN 0-446-36237-9
A trilogia Tomado [editar]
Lost and Found (2004) ISBN 0-345-46125-8
Os anos-luz debaixo dos meus pés (2005) ISBN 0-345-46128-2
A vela da Terra Distante (2005) ISBN 0-345-46131-2
A trilogia Tipping Point [editar]
A mistura Humana (2010) ISBN 978-0-345-51197-3 [6]
Corpo, Inc. (2012) ISBN 978-0-345-51199-7
A soma de suas partes (2012) ISBN 978-0-345-51202-4
Romances autônomos [editar]
O homem que usou the Universe (1983) ISBN 0-446-90353-1
O I Inside (1984) ISBN 0-446-32027-7
Slipt (1984) ISBN 0-425-07006-9
Into the Out Of (1986) ISBN 0-446-51337-7
Glória Pista (1987) ISBN 0-441-51664-5
Maori (1988) ISBN 0-441-51925-3
Para o Ponto de Fuga (1988) ISBN 0-446-51338-5
Quozl (1989) ISBN 0-441-69454-3
Ciber Way (1990) ISBN 0-441-13245-6
Cat-a-lyst (1991) ISBN 0-441-64661-1
Codgerspace (1992) ISBN 0-441-71851-5
Greenthieves (1994) ISBN 0-441-00104-1
Design para a Grande-Day (1995) ISBN 0-312-85501-X, com Eric Frank Russell)
Forma de Vida (1995) ISBN 0-441-00218-8
Jed the Dead (1997) ISBN 0-441-00399-0
Parallelities (1998) ISBN 0-345-42461-1
Sombras Primal (2001) ISBN 0-312-87771-4
Intrusos (2001) ISBN 0-441-00847-X
Kingdoms of Light (2001) ISBN 0-446-52667-3
O Programa de zombaria (2002) ISBN 0-446-52774-2
Sagramanda (2006) ISBN 1-59102-488-9
Colecções [editar]
With Friends Like These ... (1977) ISBN 0-345-25701-4
... Quem precisa de inimigos? (1984) ISBN 0-345-31657-6 (inclui dom de um homem Useless entre outras histórias)
O Metrognome e Outras Histórias (1990) ISBN 0-345-36356-6
Montezuma Faixa (1995) ISBN 0-446-60207-8
Mad Amos (1996) ISBN 0-345-39362-7, coleção dos "Mad Amos" contos
Lugares impossíveis (2002) ISBN 0-345-45041-8
Exceções à Realidade (2008) ISBN 0-345-49604-3
Antologias editadas [editar]
Dragões inteligentes, Foolish Elves (1991) com Martin H. Greenberg
Betcha não pode ler Just One (1993)
Contos de Pequenas Ilhas: Tales compartilhados em Palau (2005)
Novelizations [editar]
Star Trek Universo [editar]
Star Trek: The Animated Series [editar]
Star Trek Log One (1974) ISBN 0-345-24014-6
Star Trek Log Two (1974) ISBN 0-345-25812-6
Star Trek Log Três (1975) ISBN 0-345-24260-2
Star Trek Log Four (1975) ISBN 0-345-24435-4
Star Trek Log Five (1975) ISBN 0-345-33351-9
Star Trek Log Six (1976) ISBN 0-345-24655-1
Star Trek Log Seven (1976) ISBN 0-345-24965-8
Star Trek Log Eight (1976) ISBN 0-345-25141-5
Star Trek Log Nine (1977) ISBN 0-345-25557-7
Star Trek Log Ten (1978) ISBN 0-345-27212-9
Filmes Star Trek [editar]
Star Trek (2009) ISBN 978-1-4391-5886-9, novelização filme
Star Trek Into Darkness (2013) ISBN 978-1-4767-1648-0, novelização filme
Universo de Star Wars [editar]
Star Wars: A partir das aventuras de Luke Skywalker (1976) ISBN 0-345-26079-1, novelização de Star Wars fantasma escrito como George Lucas
Splinter do olho da mente (1978) ISBN 0-345-27566-7
A aproximação da tempestade (2002) ISBN 0-345-44300-4
Star Wars Episódio VII (2015), [7] novelização filme
Alien Nation [editar]
Alien Nation (1988) ISBN 0-446-35264-0, novelização filme
Estrangeiro Universo [editar]
Novelizations dos filmes.

Estrangeiro (1979) ISBN 0-446-82977-3
Aliens (1986) ISBN 0-446-30139-6
Alien 3 (1992) ISBN 0-446-36216-6
Terminator Universo [editar]
Terminator Salvation (2009) ISBN 1-84856-085-0, novelização filme
Transformadores [editar]
Transformadores (2007) ISBN 0-345-49799-6
Transformers: Ghosts of Yesterday (2007) ISBN 0-345-49798-8
Transformers: A Vingança dos Derrotados (2009) ISBN 978-0-345-51593-3
Transformers: A Ameaça Velada (2009) ISBN 0-345-51592-7
Novelizations autônomos [editar]
Dark Star (1974) ISBN 0-345-24267-X, novelização filme
Luana (filme italiano) (1974) ISBN 0-345-23793-5, novelização filme
O Black Hole (1979) ISBN 0-345-28538-7, novelização filme
Clash of the Titans (1981) ISBN 0-446-93675-8, novelização filme
Outland (1981) ISBN 0-446-95829-8, novelização filme
The Thing (1981) ISBN 0-553-20477-7, novelização filme
Krull (1983) ISBN 0-446-30642-8, novelização filme
The Last Starfighter (1984) ISBN 0-425-07255-X, novelização filme
The Last Starfighter Storybook (1984) com Lynn Haney e Jonathan Betuel
Shadowkeep (1984) ISBN 0-446-32553-8, também um jogo de computador (1984)
Starman (1984) ISBN 0-446-32598-8, novelização filme
Cavaleiro Pálido (1985) ISBN 0-446-32767-0, novelização filme
The Dig (1995) ISBN 0-446-51853-0, também um jogo de computador

As Crônicas de Riddick (2004) ISBN 0-345-46839-2, filme de Livros.

fonte de origem:

Domingo Na Usina: Biografias: Akiva Goldsman:




(Nova Iorque, 7 de julho de 1962) é um roteirista, produtor e diretor de cinema e televisão norte-americano, que já trabalhou principalmente em produções de Hollywood. Sua filmografia inclui A Beautiful Mind, The Da Vinci Code, I Am Legend e Cinderella Man, como outros dramas e reescritas creditadas e não-creditadas. Ele também trabalhou como produtor, roteirista e diretor na série de televisão Fringe.

Vida e carreira:
Goldsman nasceu em Nova Iorque, Nova Iorque, em 7 de julho de 1962, filho de Tev Goldsman, um terapeuta, e Mira Rothenberg, uma psicóloga infantil.[1] Seus pais mantinham um grupo para crianças emocionalmente perturbadas, por isso eles eram muito ocupados com seu trabalho; Goldsman recorda, "Quando eu tinha 10 ou 12 anos, percebi que elas [as crianças] tinham tirado meus pais de casa. Eu não queria ter mais nada com aquilo. Eu queria ser um escritor. Eu tinha a fantasia de um dia ver meu nome em um livro". Em 1983, ele entrou na Universidade Wesleyan, em Middletown, Connecticut.[2] Depois de se formar, Goldsman estudou escrita criativa na Universidade de Nova Iorque. Ele começou a escrever roteiros, e em 1994, ele escreveu um que iria se transformar no filme Silent Fall.[1] Depois disso, o diretor Joel Schumacher o contratou para escrever The Client.[2]

No final da década de 1990, Goldsman escreveu o roteiro dos filmes A Time to Kill e Batman & Robin, que foram muito mal recebidos pela crítica e acabaram por ser indicados ao Framboesa de Ouro. Goldsman percebeu a queda na qualidade de seus roteiros, "Eu meio que me perdi. Eu estava escrevendo longe daquilo que eu conhecia. É meio como um gato perseguindo sua cauda. Quando você começa a fazer filmes que são menos do que satisfatórios, você perde a oportunidade de fazer aqueles que são satisfatórios. As pessoas não estão te oferecendo um e dizendo, 'Você é o cara que queremos para isso'". Goldsman pediu ao produtor Brian Grazer para ter a oportunidade de escrever o roteiro do filme A Beautiful Mind, conseguindo o trabalho. Ele acabou vencendo o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado, o Golden Globe Award de Melhor Roteiro – Filme e o Writers Guild of America Award de Melhor Roteiro Baseado em Material Publicado Anteriormente. Russell Crowe, protagonista de A Beautiful Mind, mais tarde chamou Goldsman e Howard para trabalharem no filme Cinderella Man com ele. Goldsman escreveu o roteiro junto com Cliff Hollingsworth.[3]

No final da década de 2000, Goldsman escreveu o roteiro dos filmes The Da Vinci Code, I Am Legend e Angels & Demons, grandes sucessos de bilheteria. Ele também produziu os filmes Constantine, Poseidon, Hancock, Paranormal Activity 2 e Paranormal Activity 3.[4]

Em 2008, ele se juntou a equipe de produção da série de televisão de ficção científica Fringe, como roteirista, diretor e produtor consultor.[5]

Filmografia[editar | editar código-fonte]
Ano     Filme   Crédito           Notas
1994    The Client       roteirista         
Silent Fall       roteirista         
1995    Batman Forever          roteirista          co-escrito com Lee Batchler e Janet Scott Batchler
1996    A Time to Kill            roteirista         
1997    Batman & Robin        roteirista         
1998    Lost in Space  roteirista e produtor   
Practical Magic           roteirista         
1999    Deep Blue Sea            roteirista         
2001    A Beautiful Mind       roteirista          Oscar de Melhor Roteiro Adaptado
Golden Globe Award de Melhor Roteiro – Filme
Writers Guild of America Award de Melhor Roteiro Baseado em Material Publicado Anteriormente
2004    Starsky & Hutch        produtor         
Mindhunters   produtor         
I, Robot          roteirista          co-escrito com Jeff Vintar
2005    Constantine    produtor         
Cinderella Man           roteirista          co-escrito com Cliff Hollingsworth
Mr. & Mrs. Smith       produtor         
2006    I'm Reed Fish produtor executivo    
Poseidon         produtor         
The Da Vinci Code    roteirista         
2007    The Cure         produtor executivo     piloto de televisão
I Am Legend  roteirista e produtor   
2008    Hancock         produtor         
2009    Angels & Demons      roteirista          co-escrito com David Koepp
Kings  diretor série de televisão
2009-2013      Fringe  produtor consultor, roteirista e diretor          série de televisão
2010    The Losers      produtor         
Fair Game       produtor         
Jonah Hex       produtor         
Paranormal Activity 2            produtor executivo    
2011    Paranormal Activity 3            produtor executivo    
2012    Paranormal Activity 4            produtor executivo    
2013    Lone Survivor produtor         
A Winter's Tale          diretor, roteirista e produtor  
2015    Insurgent        roteirista.

fonte de origem:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Akiva_Goldsman

Domingo Na usina: Biografias:Sergio Corrêa Affonso da Costa:



Oitavo ocupante da Cadeira nº 7, eleito em 25 de agosto de 1983, na sucessão de Dinah Silveira de Queiroz e recebido em 14 de junho de 1984 pelo Acadêmico Afrânio Coutinho. Recebeu o Acadêmico Evanildo Bechara.

Sergio Corrêa Affonso da Costa nasceu no Rio de Janeiro em 19 de fevereiro de 1919, filho de Israel Affonso da Costa e Lavínia Corrêa da Costa. Faleceu na mesma cidade em 29 de setembro de 2005.

- Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade Nacional de Direito da Universidade do Brasil (1942).

- Curso da Escola Superior de Guerra (1951).

- Pós-graduação: University of California at Los Angeles (UCLA).(1948-1950)

Carreira diplomática

- Diplomata, 1939

- Cônsul de Terceira Classe, concurso, 29 de março de 1939.

- Cônsul de Segunda Classe, merecimento, 7 de dezembro de 1943.

- Cônsul de Primeira Classe, merecimento, 9 de fevereiro de 1949.

- Conselheiro, título, 4 de agosto de 1952.

- Ministro de Segunda Classe, merecimento, 19 de janeiro de 1954.

- Ministro de Primeira Classe, merecimento, 18 de dezembro de 1962.

Locais onde serviu

- Buenos Aires, Cônsul Adjunto, provisoriamente, 1944; Segundo Secretário, 1944-46.

- Washington, Segundo Secretário, 1946-48.

- Los Angeles, Cônsul-Geral, 1948-50.

- Nova York, Conselheiro, provisoriamente, da missão junto à ONU, 1953.

- Roma, Ministro-Conselheiro, 1959-62.

- Roma, Encarregado de Negócios, 1960.

- Ottawa, Embaixador, 1962-66.

- Londres, Embaixador, 1968-75.

- Nova York, Embaixador, Missão junto à ONU, 1975-83.

- Washington, Embaixador, 1983-86.

Cargos e funções

- Chefe da Divisão de Assuntos Internacionais da Escola Superior de Guerra, 1952.

- Auxiliar do Chefe do Departamento Econômico e Consular, 1952.

- Chefe de Gabinete da Presidência do BNDE, 1953.

- Chefe do Serviço Econômico da América, 1958.

- Chefe do Serviço Brasileiro de Seleção de Emigrante na Europa, Roma, 1959-61.

Anuário 2002-2006

- Representante Permanente do Brasil na FAO, Roma, 1961

- Secretário-Geral-Adjunto para Organismos Internacionais, 1966.

- Secretário-Geral de Política Exterior, 1967-68.

- Ministro de Estado, interino, 1967 e 1968.

Comissões, conferências, missões e reuniões

- III Reunião de Consulta dos Ministros das Relações Exteriores das Repúblicas Americanas, Rio de Janeiro, 1942 - Distribuidor.

- Comissão Preparatória das Comemorações do Centenário do Barão do Rio Branco, Rio de Janeiro, 1944 - Membro.

- Conferência Interamericana de Peritos sobre a Proteção de Direitos do Autor, 1946 - Assessor.

- Comissão Central da UNRRA, 1946 - Assessor do representante.

- Conselho Interamericano Econômico e Social, 1946-48 - Delegado, interino.

- Delegação do Brasil junto à União Pan-Americana, 1946, 1947 e 1948 - Chefe, interino.

- Conferência Interamericana para a Manutenção da Paz e da Segurança no Continente, 1947 - assistente do Secretário-Geral.

- Comissão de Organização do Conselho do Diretor da UPA, 1947 - Relator.

- Comissão Interamericana para a Solução Pacífica de Conflitos, 1948 - Membro.

- Mediador Singular na Questão entre Cuba e a República Dominicana, 1946.

- IX Conferência Internacional Americana, Bogotá, 1948 - Delegado-Assistente.

- Comissão Mista Brasil-Espanha do Desenvolvimento Econômico, 1953 - Membro.

- Comissão Nacional de Assistência Técnica, 1955-58 - Membro.

- Seção Brasileira da Comissão Mista Permanente Brasil-Paraguai, Rio de Janeiro, 1958 - Presidente.

- Grupo de Trabalho para Estudos Econômicos da Operação Pan-Americana, 1958 - Membro.

- II Reunião do Grupo de Trabalho de Bancos Centrais. Rio de Janeiro, 1958 - Delegado.

- Reunião do Comitê dos “Vinte e Um” do Conselho da OEA, Buenos Aires, 1959 - Delegado.

- Reuniões do CIME, Genebra, 1960 - Delegado.

- XVII Sessão do Conselho do CIME, Genebra, 1961 - Delegado.

- Reunião do CIME, Genebra, 1961 - Chefe.

- XVIII Sessão da Assembleia Geral da ONU, Nova York, 1963 - Delegado.

- XXI Sessão da Assembleia Geral da ONU, Nova York, 1966 - Delegado.

- IV Período de Sessão da COPREDAL, México, 1967 - Chefe.

- Missão para conversações com autoridades do Departamento de Estado e da Comissão de Energia Atômica, dos EUA, 1967, Chefe.

- Conferência do Desarmamento, Genebra, 1967 – Chefe da Delegação.

- Primeira Reunião do Grupo de Trabalho sobre Assistência Técnica, IMC, Londres, 1969 - Delegado.

- XVIII Sessão do Comitê sobre os Usos Pacíficos do Espaço Exterior. ONU, Nova York, 1975 – Chefe.

- LIX Sessão do Conselho Econômico e Social, ONU, Genebra, 1975 - Chefe.

- VII Sessão Especial da Assembleia Geral da ONU, Nova York, 1975 - Delegado.

- XXX Sessão da Assembleia Geral da ONU, Nova York, 1975 - Delegado.

- XXXI Sessão da Assembleia Geral da ONU, Nova York, 1976 - Delegado.

- XXXII Sessão da Assembleia Geral da ONU, Nova York, 1977 - Delegado.

- XXXIII Sessão da Assembleia Geral da ONU, Nova York, 1978 - Delegado.

- XXXIV Sessão da Assembleia Geral da ONU, Nova York, 1979 - Delegado.

- XXVI Sessão do Conselho de Administração do PNUD, Nova York, 1979 - Chefe.

- Reunião Extraordinária do Conselho de Administração do PNUD, precedida por Reunião do Grupo de Orçamento, Nova York, 1980 - Delegado.

- XXXV Sessão da Assembleia Geral da ONU, Nova York, 1980 - Delegado.

- III Sessão do Comitê Inter-governamental de Ciência e Tecnologia (CICTD), das Nações Unidas. Nova York, 1981 – Chefe da Delegação.

- XXVIII Sessão do Conselho de Administração do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Nova York, 1981 – Chefe da Delegação.

- XXXVI Sessão da Assembleia Geral da ONU, Nova York, 1981 – Delegado.

- XXXVII Sessão da Assembleia Geral da ONU, Nova York, 1982 – Delegado.

- III Encontro de Alto Nível para a Avaliação da Cooperação Técnica entre Países em Desenvolvimento, patrocinado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Nova York, 1983 – Chefe da Delegação.

- XXX Sessão do Conselho de Administração do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Nova York, 1983 – Chefe da Delegação.

- Sessão do Conselho Econômico e Social da ONU, Genebra, 1983 - Chefe da Delegação.

- XXXVIII Reunião Anual Conjunta das Assembleias de Governadores do Fundo Monetário Internacional (FMI), do Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento, Washington, 1983 – Governador Suplente temporário.

- Presença em seminários, mesas-redondas e conferências na UNESCO e na Universidade de Paris, a partir de 1990.

- Representante da Academia Brasileira em reuniões na Academia Francesa para tratar do Prêmio da Latinidade, atribuído pela primeira vez em junho de 1999.

- Homenagem do Congresso Internacional de Lexicografia e Literatura do Mundo Lusofônico - 2000.

- Mesa-redonda, na UNESCO, sobre o livro Mots sans frontière - 2000.

- Mesa-redonda, no Salon de la Littérature Européene, em Cognac, sobre o tema “Evolution des langues européennes et mots sans frontières” - 2000.

Sociedades culturais

- Membro da Academia Brasileira de Letras.

- Membro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro.

- Membro da Sociedade Brasileira de Direito Internacional.

- Membro da Sociedade de Geografia do Rio de Janeiro.

- Membro da American Society of International Law.

- Membro do PEN Clube do Brasil.

- Membro correspondente honorário da Academia Brasileira de Filologia.

Distinções e condecorações

Brasileiras:

- Ordem do Rio Branco, Grã-Cruz

- Ordem do Mérito Naval, Grande Oficial

- Ordem do Mérito Aeronáutico, Grande Oficial

- Medalha Tamandaré

- Colar da Ordem Marechal Rondon

- Medalha do Mérito Cultural, da Sociedade Brasileira de Língua e Literatura

- Grande Medalha da Inconfidência.

- Post Mortem - Ordem do Mérito da Defesa - Grau de Grande Oficial do Quadro Suplementar

Estrangeiras (Grã-Cruzes):



- “Das Grosse Verdienstkreuz”, Alemanha

- “Ordine Al Merito della Republica Italiana”, Itália

- “Grand Croix pro Merito Melitense cum Placa”, Ordem de Malta

- “Ordem do Infante Dom Henrique”, Portugal

- "Cruz" da Ordem das "Arts et Lettres", França

- “Aguila Azteca”, México

- “Order of Sacred Treasury”, Japão

- “Den Kingelige Norske Sant Olava Orden”, Noruega

- “S. Gregorii Magni (Magna Conce)”, Vaticano

- “Grande Cordão da Ordem da Estrela Brilhante”, China

- “Ordem Soberana do Santo Sepulcro de Jerusalém”

- “Ordem de Isabel la Catolica”, Espanha

- “Grand Cross of Magistral Grace”, Ordem de Malta

- “Ordem del Libertador”, Argentina

- “Ordem do Mérito Diplomático”, Coreia

- “Grand Cross Victoria Order”, Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte

- “Grand Croix Pro Merito Melitense”, Malta

- “Ordem del Merito”, Argentina.

- "Grand Prix de la Fondation Prince Louis de Polignac, sur recommendation de l'Académie Française"

fonte de origem:
http://www.academia.org.br/academicos/sergio-correa-da-costa/biografia